terça-feira, 3 de novembro de 2009

Joanna de Ângelis - Elucidação


És livre para imprimir na tua existência o padrão de felicidade ou de aflição com o qual desejas conviver.
*****
O engano de considerar-se invencível, superior, provando o desconhecimento da fragilidade e da impermanência do conjunto que o constitui, especialmente de seu corpo, faculta, ao ser, prazer mentiroso, que o desperta sob grande sofrimento.

Ninguém escapa às conjunturas que constituem a vida.

*****
A maioria dos sofrimentos decorre da forma incorreta por que a vida é encarada.
*****
Jamais desejando para o seu próximo o que não gostaria de experimentar, assumem-se compromissos de prosperidade, sem prejuízo de natureza alguma para si ou para os outros.
*****
A vida são as incessantes oportunidades que surgem pela frente, jamais os insucessos que ocorreram no passado.
*****
No interior do diamante bruto, escuro e informe, fulgura uma estrela que aguarda ser arrancada a golpes de cinzel e lâminas lapidadoras.
Não há ninguém que não possua bondade interior. Há, nos refolhos da alma, a presença de Deus como luz coagulada, aguardando os estímulos da fora, a fim de brilhar com alta potência.
*****
Sem o passo inicial, ninguém vence as distâncias.
*****
Certamente, algo de fantasia emoldura a vida e dá-lhe estímulo. Entretanto, firmar-se nos alicerces frágeis da ilusão, buscando aí construir o futuro, é pretender trabalhar sobre areia movediça ou solo pantanoso coberto por água tranguila apenas na superfície.
*****
Tudo é importante na vida. Os pequenos atos são preparatórios dos gestos grandiosos e das realizações vultosas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...