sábado, 12 de fevereiro de 2011

Contratempos

Diante de quaisquer contratempos, pensa no bem.

O trabalho estafante...

Será ele a providência que te habilita à vitória contra o assédio de perturbações que te espreitam a estrada.

O encontro perdido...

Semelhante contrariedade decerto apareceu, em tua defesa própria.

A realização adiada...

A procrastinação de teus desejos estará funcionando, em teu benefício, para que não entres em determinados compromissos fora de tempo.

A viagem desfeita...

O plano frustrado, provavelmente, é o recurso com que se te garante o equilíbrio.

O carro enguiçado...

O incidente desagradável é o processo de forrar-te contra acidentes possíveis.

O mal estar orgânico...

A enfermidade menor haverá surgido, a fim de induzir-te a tratamento inadiável.

A afeição que se afasta...

A separação vale por cirurgia no campo da alma, muita vez, resguardando-te a paz e a segurança.

A morte no lar...

A despedida de um ente querido, quase sempre, procede da Misericórdia do Senhor; no sentido de evitar sofrimento maiores para aquele que parte, tanto quanto para aqueles que ficam.

Diante de qualquer obstáculo, reflete no bem, porque no curso de todas as circunstâncias, por detrás dos contratempos da vida, a Bondade de Deus jaz oculta.

(Livro: Coragem - Emmanuel / Francisco Cândido Xavier)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...