quinta-feira, 31 de março de 2011

Em Busca da Felicidade

Sem que percebamos somos invariavelmente testados, em várias ocasiões de nossas vidas.
Muitas vezes por um troco dado a mais, por uma carteira achada na rua, por um objeto valioso encontrado numa mesa, num taxi, enfim, inúmeras situações que exigem reflexão de nossa consciência.
Quantas vezes somos induzidos à desonestidade por pessoas inescrupulosas que, usando de mil artimanhas, nos induzem ao erro, solicitando-nos gorjetas e favores escusos.
Entretanto, são nesses momentos que o verdadeiro cristão precisa dar testemunho de fidelidade e coerência com os ensinos de Jesus. Deixar-nos ser corruptíveis é crime tão grave quanto o do corruptor. O corruptor não existiria se não houvesse o homem corruptível. Não aceitemos insinuações desonestas que tendem a retardar nosso progresso espiritual.
Nossa consciência é um grande tribunal no qual invariavelmente, seremos bons juizes se pautarmos nossa vida pelos padrões da moralidade e da ética cristã.


(Sergito de Souza Cavalcanti)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...