sexta-feira, 29 de abril de 2011

"Eu não vim por mim mesmo, mas aquele que me enviou é verdadeiro, embora não o conheçais"(Jo 7,28b)

Jesus andava pela Galileia e não queria andar na Judeia porque os judeus dali queriam matá-lo. Estava perto da Festa dos Tabernáculos e Jesus foi com seus irmãos, secretamente, para os festejos. Nisso, algumas pessoas de Jerusalém perguntaram: "Será Ele o Cristo?" "Não é este a quem procuram matá-lo?" Estava Jesus ensinando no Templo quando exclamou: "Vós me conheceis e sabeis donde eu sou. Não vim por mim mesmo, mas Aquele que me enviou é verdadeiro, embora não o conheceis" (Jo 7, 28).
A missão de Jesus, enviado por Deus, é testemunhar o Pai, é cumprir a promessa feita desde a criação do ser humano.
A fé a confiança daquilo que não vemos. Não conhecemos a Jesus, mas sabemos que Ele é o Caminho, a Verdade e a Vida.
Não foi fácil para Jesus convencer os judeus sobre a sua origem divina, pois alguns já sabiam que Ele era filho do carpinteiro José e de Maria. A sua obra maravilhosa de cura de coxos, cegos, doentes e ressurreição de pessoas, de sua fala eloquente, do seu imenso conhecimento das Escrituras, não foi suficiente para os judeus acreditarem nele; pelo contrário, estavam procurando motivos para matá-lo.
Para nós, cristãos, não tem sido fácil convencer algumas pessoas a acreditarem em Jesus como Filho de Deus e que sua missão maior foi morrer na cruz para nos salvar.
A nossa missão, como cristãos convictos, é de testemunhar a Cristo que foi rejeitado pelos judeus incrédulos. A nossa ferramenta é a fé sincera que nos fortalece na tarefa de pregar o Evangelho a toda a criatura e orar a Deus para que o Espírito Santo faça a sua parte.

Eu te agradeço, Senhor, por me escolher em primeiro lugar, por me amar primeiramente, apesar de meus erros. Eu creio em ti como o verdadeiro Filho de Deus. Amém.

(Da obra: Meditações para o Dia a Dia)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...