domingo, 8 de maio de 2011

Augusto Cezar & Francisco C. Xavier

Bem Viver

Pede-se você uma regra de bem-viver para se sentir em paz, dentro do mundo agitado de hoje.
Você diz “mundo agitado” e respeito as suas expressões, embora creia que, o mundo foi sempre tumultuado por desafios permanentes.
Justo notar que falamos aqui do campo físico, no qual se encontram muito mais os adversários do que os amigos, a fim de harmonizar relações e podarem arestas.
Traçar diretrizes para manutenção da tranqüilidade, no circulo dos homens, será o mesmo que transmitir o método de caminhar entres espinheiros interligados sem ferir-se.
Admito que a primeira atitude de alguém, que se proponha a viver em paz no mundo, será praticar a aceitação sem inércia.
Paciência ativa.
Calma e trabalho.
Acolher as pessoas como são, sem a idéia de esculpi-las pelo nosso modo de ser, reconhecendo que essas mesmas pessoas não conseguiriam modelar-nos, à maneira delas. Outro principio não menos importante é aquele de não nos julgarmos donos da verdade.
Você, decerto, conhece a lenda: - dizem que a verdade era um imenso espelho situado nos céus; Conquanto amarrado a vigas fortes, um dia caiu na Terra, quebrando-se em milhares de fragmentos, à distancia uns dos outros. Cada criatura encontrou um pedaço, passou a mirar-se nele, criando teorias diversas.
Por isso, evitemos discussões estéreis.
Não menospreze o seu trabalho por mais humilde, consciente de que toda tarefa digna é degrau para cima.
Não use máscaras para afeição, porque o amor é força básica da vida, com a qual não se brinca em tempo algum. Não tente ser maior do que os outros, porque haverá sempre alguém maior do que nós.
Por outro lado, no entanto, não se sinta inferior diante de ninguém.
Somos filhos de Deus e o Infinito Amor de Deus, através de leis sábias, estará velando por nós, onde estivermos.
E, preservando a consciência tranqüila, viva na certeza de que o mundo funcionará tal qual é, sem necessidade de nossas reprimendas.
Faça o bem que puder e espere os resultados.
Não se impressione com dificuldades e obstáculos, porquanto pertencemos ao Céu, em cuja imensidão a Terra se move. E, queiramos ou não, estamos destinados a agir hoje para o brilho e para a felicidade que nos espera no grande amanhã.

(Livro “Presença de Luz”)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...