quarta-feira, 6 de julho de 2011

Luiz Sérgio & Irene Pacheco Machado

As Diferenças dos Seres


Só mesmo a Doutrina Espírita dá respostas precisas a perguntas que todos nós fazemos: por que as diferenças dos seres?
Ao pensar na evolução da espécie, senti-me feliz, porque fui criado pela Inteligência Máxima do Universo: DEUS. É Ele o nosso Pai, o nosso criador e, sendo o nosso Pai, temos dentro de nós a sabedoria e a bondade, como também está em nós a luta para desenvolver os nossos sentimentos.
Se todos pensassem assim, iniciaríamos a luta da perfeição, a grande renúncia.
Mas os homens param diante das coisas materiais e se esquecem de mergulhar em seu "eu" em busca das coisas boas que há nele, porque, se fomos criados simples e ignorantes e passamos por diversas fases da nossa existência, algo ficou de bom e proveitoso. O importante é o homem descobrir-se; só assim ele vai amar o seu semelhante, os seus irmãos que, como ele, têm de lutar para evoluir.
Desde que o mundo é mundo, Deus manda os Seus emissários para elucidar a Humanidade, mas esta, julgando não ter compromisso com Deus, passa as existências indiferente aos chamados espirituais.
É fato absurdo o que dizem certos religiosos, que o Criador só forma a alma quando ela nasce no mundo físico. Por isso alguns pais se julgam donos dos filhos, porque também pensam que eles são almas criadas no instante do nascimento, conforme as velhas afirmativas de algumas religiões.
Mas a Doutrina Espírita ensina ao homem tudo sobre a sua origem. Agora, como fazer para saber de onde viemos e para onde iremos?
Muito fácil: é só jogar a preguiça fora e iniciar a jornada.
O caminho é áspero e repleto de sobressaltos, mas à medida que o conhecimento banha o nosso Ser, este vai libertando-se das amarras da ignorância e se aproximando do Cristo, único caminho que nos leva a Deus. Todos os dias o Cristo bate à nossa porta, mas muitos ainda relutam em seguir Suas pegadas, porque é preciso renunciar.
Ele, Jesus, é o nosso Amigo Mestre, o verbo de Deus.
Quem não O escuta não deseja evoluir.


Livro: Ensina-me a falar de amor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...