segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Em Busca da Felicidade

Se você perdeu um ente querido não pense que tudo acabou. Ele continua vivendo como nós, só que em outra dimensão. A vida é eterna, alternando-se no plano físico e espiritual, de conformidade com nossas necessidades evolutivas. Pela reencarnação, voltaremos à Terra quantas vezes forem necessárias à nossa evolução.
É normal que, cessados os primeiros momentos do impacto que a realidade lhe impôs, se sinta como órfão, esmagado por grande dor advinda da saudosa ausência. O seu coração pulsa desordenado e teme não suportar tão cruel sofrimento. São justos seus sentimentos, entretanto, não deixe que eles lhe leve ao descontrole e ao desequilíbrio, pois os chamados “mortos” também sofrem muito com o destempero de nossas lágrimas. Da mesma forma que anelas voltar a senti-los e acariciá-los, eles também o desejam. Não pense mais em termos de adeus e sim em até logo, e se quer homenageá-los. Ore muito por eles, dedicando também algumas horas de seu tempo em benefício dos que mais necessitam do seu amparo.

Sergito de Souza Cavalcanti

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...