terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Palavras à mocidade

Jovens irmãos.
A existência na Terra é um dia na Eternidade.
A juventude é o alvorecer.
Em torno, rompe o sol das oportunidades da santificação.
O campo de serviço é o mundo inteiro e a natureza é o nosso livro divino.
Indispensável aceitar o benéfico desafio da luz, vencendo a força terrível da inércia.
Se o Pai Supremo é o doador de todas as bênçãos, Jesus é o nosso Divino Mestre. Necessário, pois, guardar-lhe os ensinamentos na sadia aplicação de nossas possibilidades benditas, semeando o bem, cultivando-o e colhendo-o para os celeiros famintos da Terra.
Não é fácil concretizar o testemunho pessoal nos serviços da fé que remove a ignorância e santifica o amor nos caminhos da vida. Muitas vezes seremos surpreendidos pela tormenta e será imprescindível combater sem desânimo os vermes que nos ameaçam a sementeira. Fantasmas cruéis rondar-nos-ão as portas e, em muitas ocasiões, a vigília nos pedirá suor e lágrimas.
Entretanto, meus amados amigos, a claridade do bem traça-nos roteiro seguro. Movimentando os nossos recursos, com esperança fiel, venceremos juntos a grande batalha da luz contra as sombras, do bem contra o mal.
Se a experiência é lição, a luta é aprendizado.
Unamo-nos, portanto, em derredor do Mestre Querido, fixemos em nosso coração o seu programa sublime de amor, dentro de nossa própria renovação para a Luz Divina e caminhemos resolutos e felizes, ao encontro do sublime futuro.

Agar
(De “Nosso Livro”, de Francisco Cândido Xavier – Espíritos diversos)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...