quarta-feira, 6 de junho de 2012

Tudo são esperanças

Quando os jovens se encontram imantados de saúde, quando os seus lares lhes oferecem todo o conforto necessário, quando a posição dos seus pais lhes assegura uma garantia na sociedade, esses jovens têm grandes esperanças e alimentam tais disposições em tudo o que fazem e vivem, chegando ao ponto de fazerem inveja aos outros, que com eles vivem, nos encontros, nos trabalhos e mesmo nas ruas, quando se sabe de seus arrojados planos para o futuro.
Tudo neles é esperança: saúde, dinheiro, posição. Entretanto, não tanto assim a realidade: mesmo a esperança deve ser educada, para que não tenha vida transitória e cheia de ilusões.
A Esperança verdadeira é o sinal da vida que cresce, com a Fé se expandindo ao infinito. Porém, mesmo a Fé deve ser segura, para encarar, frente a frente, todos os obstáculos, e vencê-los.
Não devemos deixar a abundância do ouro desvirtuar nossas qualidades, ou nossas tendências para o bem. Não devemos permitir que as posições de mando interrompam os nossos dons de servir. Não devemos aquiescer a que o conforto material nos impeça de trabalhar, sempre, na Caridade, pelos processos do Amor. Sabemos e confirmamos que a Esperança é força, sublimada em flor. Não obstante, ela tem que ser dignificada em Cristo para não esperdiçar as suas qualidades, seus valores materiais.
Quase sempre, o espírito encarnado, no momento das duras provas por que todos passam, se permite acometer pelas sombras da dúvida, acerca da continuidade da vida. O temor, geralmente, assoma a sua mente, colocando-a na posição de Pedro, ao negar o próprio Mestre. É por isso que o Senhor recomendou, a todos os seus discípulos, que vigiassem e orassem, pois, em sendo o espírito forte, na carne há fraqueza. O fato é que o reencarnado se encontra cego e surdo, e no meio de vibrações negativas, permanentemente.
Não deves, por conseguinte, alimentar ideias vacilantes a respeito da perpetuidade da vida, ou questionando a Bondade e o Amor de Deus. Estás, meu filho, rodeado de tantos companheiros espirituais, que ser-te-ia difícil de crer; muito mais do que és capaz de imaginar. São testemunhas do que fazes na vida, e cooperadores, senão cireneus do Amor, que te ajudam, em todos os momentos. E nos sofrimentos, muito mais.
Crê que tudo na vida é esperança, se queres fazê-la florir. Os pensamentos são realidades. O que pensas, todos os dias, transmutar-se-á em realidade. As tuas ideias, como as nossas, no Plano Espiritual, acabam materializando tuas aspirações. É comum se falar que bebemos nossos pensamentos e comemos as nossas ideias. E ainda mais: respiramos as nossas emoções. Procura sentir essa verdade e modificar o que pensas, planejas e sentes, para que o Chão de Rosas apareça em teus caminhos.
Com Jesus, tudo é esperança, tudo é paz.

(De “Chão de Rosas”, de João Nunes Maia, pelo Espírito Scheilla)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...