sexta-feira, 20 de julho de 2012

O reino de Deus dentro do homem

“Mestre — perguntaram, um dia, os homens — onde está o reino de Deus?”
“O reino de Deus — respondeu o Nazareno — não vem com aparato exterior; nem se pode dizer: ei-lo aqui!, ei-lo acolá! O reino de Deus está dentro de vós”...
Entretanto, os homens, cegos para essa luz, continuam a procurar o reino de Deus fora de si mesmos, em vãs exterioridades...
O reino de Deus é o reino da verdade e do bem...
O reino da justiça e da paz...
O reino do amor e da caridade...
O reino da humanidade e da pureza...
Quando o homem tem dentro da alma estas coisas, está no meio do reino de Deus — porque dentro dele está o reino de Deus...
Ninguém pode entrar no reino de Deus — se nele não entrar o reino de Deus...
O homem que uma vez entrou no reino de Deus — encontra a Deus por toda a parte.
Encontra a Deus na grandeza do cosmos visível — e nos mistérios da alma invisível.
Vê a Deus no fulgor do relâmpago — e no matiz das flores do prado...
Ouve a Deus no bramir da procela — e no silêncio das noites estreladas...
Adivinha a Deus nos indefessos labores da abelha — e nos indolentes devaneios da borboleta...
Contempla a Deus nos etéreos primores do arco-íris — e nas pupilas de inocente criança...
Percebe a Deus no sorriso feliz duma noiva — e nas lágrimas acerbas do agonizante...
O homem que dentro de si descobriu a Deus — descobre-o por toda a parte fora de si...
Pois Deus é espírito onipresente — basta possuir a necessária vidência espiritual para encontrá-lo em cada uma das suas obras, espelhos e enigmas da Divindade.
É justo, ó homem, que tenhas lugares de cultos onde, com teus irmãos, cantes louvores a Deus — mas não restrinjas a esses momentos o culto divino.
Cultua a Divindade onipresente e onividente no santuário do Eu e do lar...
Glorifica o Eterno no amor à pátria e na história dos povos...
Adora o Altíssimo nas maravilhas da Natureza e nos prodígios da cultura...
Venera o eterno Anônimo até nos gemidos da dor e nos paradoxos do mal...
Se dentro de ti não encontraste o reino de Deus — em parte alguma o encontrarás...
Por toda a parte verás o reino de Satã — dentro e fora de ti...
Pois o homem não enxerga as coisas como elas são — mas, sim, como ele é...
Projeta ao mundo externo o colorido do seu mundo interno...
O homem sem Deus contempla sem Deus o mundo repleto de Deus...
O homem repleto de Deus encherá de Deus as almas sem Deus...
Proclama em tua alma, ó homem, o reino de Deus — e tua plenitude transbordará em outras almas...
Só pode fazer bons os homens quem é bom ele mesmo... Só pode encher de Deus quem está cheio de Deus... O homem divinizado diviniza os homens...

(De “Alma para Alma”, de Huberto Rohden)

Paz e Luz

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...