domingo, 13 de janeiro de 2013

Antes de...

Antes de explodir com expressões coléricas, convém lembrar que nem todos são culpados da sua limitação de compreender.

Antes de repelir o insulto com argumentos fortes, recorde que a fonte ultrajada recebe a lama que lhe atiram com água cristalina.

Antes de aceitar a vibração do ódio que o atormenta, deve meditar em que só o amor anula todo o mal.

Antes de condenar a imprevidência de outrem, vale pensar na possibilidade de ser ele um enfermo em difícil processo de convalescença.

Antes de maldizer a própria sorte, é prudente examinar a alternativa de uma situação pior.

Antes de afirmar, arrogante, uma informação prejudicial sobre alguém, conceba a hipótese de estar enganado.

Antes de revidar a calúnia com outra calúnia, conclua que o silêncio é algodão onde morrem todos os crimes.

Antes de proceder com leviandade junto aos companheiros das atividades normais, é de alvitre reconhecer que o tempo se encarrega de colocar tudo no devido lugar.

Antes de assumir compromissos morais com o erro, reflita que o prazer pouco nobre é flor mentirosa em desagregação celular.

Antes de expressar pensamentos irrefletidos, examine, recorde e medite, porque nem todos os que seguem com você dispõem de recursos valiosos como os seus, graças à claridade da Doutrina Espírita que hoje lhe norteia os passos para os sublimes caminhos do amor, em busca do Reino Celestial.


Marco Prisco & Divaldo P. Franco

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...