quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Quem tem luz


Verdadeiramente feliz é o homem generoso, que do seu celeiro retira grãos e os atira ao solo fértil, para que se multipliquem em bênçãos.
Verdadeiramente feliz é o coração jovial, que enriquecido de luz reparte-a entre aqueles que, teimosamente, permanecem na escuridão.
Felizes somos todos nós porque, ouvindo os reclamos da verdade, resolvemo-nos, em definitivo, empreender a jornada interior na busca da plenitude.
Diante dos compromissos que assumimos com a vida, não podemos esquecer da retaguarda, onde se encontram os desassisados e infelizes, em guerra contínua, conspirando e atuando contra as aspirações elevadas das demais criaturas humanas.
Entendendo esse grave problema, resolvemo-nos diminuir a gravidade da ocorrência e, no silêncio das salas mediúnicas, estamos acendendo lamparinas na grande noite para diminuir a treva, socorrendo os geradores de perturbação.
Não cessemos, pois, de trabalhar, nem permitamos que os impedimentos normais constituam empeços na busca da meta que temos à frente.
Jesus conta conosco e é necessário que sigamos fazendo luz.
Verdadeiramente feliz, é aquele que já tem luz.

(Fonte: “Suave luz nas sombras”, de Divaldo Pereira Franco, pelo Espírito João Cléofas).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...