terça-feira, 28 de maio de 2013

O melhor esforço

Buscamos em nossa fé o dom de servir a Deus.
A cada passo, porém, ante a nossa bagagem de sombra, reconhecemos quão difícil se faz a realização de nossos desejos.
É que nossas possibilidades guardam somente valores fragmentários e virtudes inexpressivas.
São chamas frágeis que se apagam ao vento.
Nossa fé, quase sempre, não passa de vaga confiança, entre a firmeza e a indecisão.
Nossa paciência é carinho confinado ao círculo doméstico: tolera os mais caros e desmanda-se em rudeza aos que não vêm o mundo por nossos pontos de vista.
Nosso amor, habitualmente, é simples capricho sentimental, acomodando-se com os que são de nossa simpatia.
Nunca sabemos se nossa humildade vive emoldurada no orgulho. E ignoramos se nossa caridade caminha sem a trava do egoísmo.
Assim, integremo-nos na atividade incessante do bem, porque servindo e aprendendo sempre, não dispomos de tempo para o culto às nossas próprias fraquezas.

Emmanuel / Médium Francisco Cândido Xavier
Livro: Indulgência

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...