quarta-feira, 12 de junho de 2013

Campo de fé

A fé é capaz de harmonizar o complexo humano para o equilíbrio do corpo e da alma. O ser humano, que por presente da vida recebeu a razão e comunga com os pensamentos do Evangelho, eterniza na consciência a fé que, no dizer de Paulo, é a substância da coisa pensada.
Eis que estamos na era do Espírito frente à verdade. A humanidade já se encontra na maturação, capaz de entender a Jesus na expressão do Espiritismo, no qual se mostra a volta do Mestre mais visível. Aquele que tem o poder de transportar os montes, as montanhas das inferioridades na região da consciência e na cidade do coração, no sentido de aumentar a fé e, se a fé é a fonte da vida, ainda mais o é a que encara a razão frente a frente!
A confiança na criatura é, pois, o “Cristo em nós”, mantendo o equilíbrio na casa da alma. Dessa forma, ficamos conhecendo e sentindo Deus pelo sol da fé que alegra, que perdoa, que compreende, que estuda, que trabalha, consubstanciando-se no amor, pelas portas da caridade, falando e exemplificando o Evangelho, configurando Jesus pelos canais da Doutrina Espírita, sendo Allan Kardec o instrumento da Verdade, para libertação da humanidade e, tudo isso, pela presença da fé...

(De “Páginas Esparsas 2”, de João Nunes Maia, pelo Espírito Bezerra)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...