terça-feira, 16 de julho de 2013

Verdades e fantasias

O mundo sempre distingue ruidosamente os expositores de fantasias.
É comum observar-se, quase em toda parte, a vitória dos homens palavrosos, que prometem milagres e maravilhas. Esses merecem das criaturas grande crédito.
Não acontece o mesmo aos cultivadores da verdade, por simples que esta seja. Através de todos os tempos, para esses últimos, a sociedade reservou a fogueira, o veneno, a cruz, a punição implacável.
Tentando fugir à angustiosa situação espiritual que lhe é própria, inventou o homem a "buena-dicha".
A técnica do elogio, a disposição de parecer melhor, a presunção de converter consciências alheias, são grandes fantasias.
É preciso não crer nisso. Razoável é entender que o serviço de iluminação é difícil, a partir do esforço de regeneração de nós mesmos.
Nem sempre os amigos da verdade são aceitos. Mas, para nossa felicidade, é preciso atender à verdade enquanto é tempo.

Emmanuel / Médium Francisco Cândido Xavier
Livro: Caminho, Verdade e Vida

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...