terça-feira, 12 de novembro de 2013

Que buscas?


A inteligência nos faz crer que somente buscamos o bem, pois todos se agradam das coisas boas. No entanto, para buscar o bem é óbvio que os nossos sentimentos nunca fujam da sintonia do amor.
Se queremos o bem para nós e fazemos o mal para os outros, falhamos na escolha, porque somente a força interna corresponde ao que desejamos. A intimidade é a vida da alma. Quando desarmonizamos a cidadela interna e externamente desejamos equilíbrio; isso é ilusório. A perfeição deve partir de dentro, para corresponder à lei de harmonia e atrair o que buscas.
A Doutrina Espírita vem ensinando como buscar a luz do entendimento, buscar a vida, força de Deus que age em toda a criação.
Se queres buscar a paz, não faças guerra.
Se queres a luz, não andes em trevas.
Se queres o perdão, não firas teu semelhante.
Se queres alegria, não cries problemas aos teus companheiros!
Recebemos o que damos. Ninguém engana às leis, que tanto vibram no macrocosmo como no microcosmo. Os olhos de Deus veem e registram todos os acontecimentos.
Se queres ser feliz, trabalha para a felicidade dos teus semelhantes.
Se queres ser sábio, ajuda ao ignorante a sair da ânsia de entendimento!
Somos todos filhos de Deus e o Senhor nos mandou Jesus como Pastor para o rebanho, de modo a nos ensinar a buscar a paz e o amor pelos esforços de luz, em todos os gestos de caridade.

De “Páginas Esparsas 5”, de João Nunes Maia, pelo Espírito Miramez

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...