quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

Súplica de Natal


Senhor, tu que deixaste a rutilante esfera em que reina a beleza e em que fulgura a glória, acolhendo-te, humilde, à palha merencória do mundo estranho e hostil em que a sombra ainda impera!
Tu que por santo amor deixaste a primavera da luz que te consagra o poder e a vitória, enlaçando na Terra o inverno, a lama e a escória dos que gemem na dor implacável e austera...
Sustenta-me na volta à escura estrebaria da carne que me espera em noite rude e fria, para ensinar-me agora a senda do amor puro!...
E que eu possa em teu nome abraçar, renovada, a redentora cruz de minha nova estrada, alcançando contigo a ascensão do futuro.

Fonte: Livro: Antologia Mediúnica do Natal.
Psicografia: Francisco Cândido Xavier / Espírito: Carmem Cinira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...