quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

Perseguidos

Batido no ideal de bem fazer, desculpa e avança à frente.
Açoitado no coração, enxuga as lágrimas e segue adiante.
Lembra-te dos perseguidos sem causa, que se refugiaram na paz da consciência, em todas as épocas.
Sócrates bebe a cicuta que lhe impõem à boca; entretanto, ergue-se à culminância da filosofia.
Galileu, preso e humilhado, desvenda ao homem novo olhar do Universo.
Entre os perseguidores, contam-se os obsidiados, os depravados, os infelizes e os criminosos, que descem pelas torrentes do remorso para a necessária refundição mental, mas, entre os perseguidos, enumeram-se quase todos os que lançam nova luz sobre as rotas da vida.
É por isso que Jesus, o Divino Governador da Terra, preferiu alinhar-se entre os escarnecidos, de maneira a estender a glória do amor e a força do perdão, para que se aprimore a Humanidade inteira.


Emmanuel / Médium Francisco Cândido Xavier
Livro: Religião dos Espíritos (extrato) - Ed. FEB

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...