domingo, 11 de maio de 2014

Jardim de afetos

Com tuas mãos, podes cultivar o teu jardim de afetos.
Sê generoso em tua casa...
Cuida de tuas flores, não permitindo que a erva daninha se alastre em teu canteiro de amor.
Afasta para longe o ciúme e o desrespeito.
Não anules flor alguma em seu perfume...
Deixa florirem à tua volta aqueles que são teus.
Incentiva-os.
Ama-os.
Que as tuas mãos não lhes despetalem os sonhos...
As mãos do jardineiro devem ser tão delicadas quanto as flores que acariciam.

Pelo Espírito: Irmão José
Psicografia: Carlos A. Baccelli
Do livro: Ao alcance das mãos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...