sexta-feira, 2 de maio de 2014

No domínio das palavras

Fala e conhecer-te-ão.
Referes-te aos outros quanto ao que está em ti mesmo.
A frase de esperança é um jorro de luz.
Comentários sobre os outros, são exposições daquilo que carregas contigo.
De forma imperceptível apenas falamos daquilo que já conseguimos aprender.
O que vimos nas estradas alheias é o que está em nossos próprios caminhos.
A palavra mais cruel é aquela que se usa destruindo o bem.
Quem se propõe a iluminar não menciona qualquer ingrediente das trevas.
Nunca te arrependerás de haver dito uma boa palavra.
Criteriosa dieta na conversação é saúde no espírito.
Discutindo talvez esclareças, mas servindo convences.

Emmanuel / Francisco Cândido Xavier
Livro: Companheiro (extrato) – Ed. FEB

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...