quarta-feira, 23 de julho de 2014

Juventude

A Juventude pode ser comparada à esperançosa saída de um barco para viagem importante.
A infância foi a preparação.
A velhice será chegada ao porto.
Todas as fases requisitam as lições dos marinheiros experientes, aprendendo-se a organizar e a terminar a excursão com o êxito desejável.
No estabelecimento de ensino, propriamente do mundo, podem instruir, mas só o instituto da família pode educar.
É por essa razão que a Universidade poderá fazer o cidadão, mas o lar é que consegue com mais eficiência edificar o homem.
Justo não esquecer igualmente que, em qualquer idade, podemos e devemos operar a iluminação ou o aprimoramento de nós mesmos.

Emmanuel & Francisco Cândido Xavier
Obra: Plantão de Paz

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...