domingo, 21 de fevereiro de 2016

Não Está Aqui - Joanna de Ângelis

Não poderia haver lugar para Jesus no mundo.
“Filho de Deus”, o Seu era o lugar no sublime comando da Humanidade.
Revertendo a ordem dos valores egoístas e ensinando a fraternidade legítima, não poderia ser aceito nem compreendido sequer pelos que O seguiam.
Luz imperecível em sombra densa, atraía e enceguecia por momentos.
Dosada pelo amor dominaria os corações, lentamente, para todo o sempre.
Chegando à hora das grandes e arbitrárias dominações, que ainda persistem nos países inquietos da Terra e nas mentes intranquilas das criaturas, era o semeador de estrelas em noite de trevas, a fim de que jamais houvesse medo e obscurantismo.
Toda a Sua carga de emoção fazia-se um claro duradouro de amor com que ofereceu dignidade à vida, num abundante enriquecer de esperanças.

***

Lembra-te do amor de Jesus em todas as horas da tua vida e ama sem desfalecimento.
Em soledade ou em abandono, ama.
Sob o açodar da alheia impiedade ou perseguido sem descanso, ama.
Colhido por incompreensões ou silenciado pelo vozerio dos tumultos violentos, ama.
Prossegue amando, sem preocupar-te com retribuições nem aplausos.
Sofrendo, porém, amando.
Se todos, amigos e conhecidos, ficarem contra ti, permanece a favor do bem, sem dúvida, favorável a eles.
Maltratado, não revides.
Ignorado, não te rebeles.
A árvore podada mais reverdece e o grão, esmagado na cova escura, explode em vida.
Jesus é Vida.

***

Após todas as tribulações, sevícias e dilacerações, Ele continuou afável.
Abandonado pelos comensais das Suas horas de mansidão e de misericórdia, não os repreendeu.
Em poucos dias o triunfo da entrada na cidade e o triunfo eterno, na cidade que pensava matá-Lo...
Os enganosos júbilos do domingo não O emularam, antes fizeram-No triste, quando os outros sorriam.
Sem embargo, diante das lágrimas de saudade dos que O buscavam no túmulo, Ele se encontrava em glória real na Vida.
— Que vieste ver? — inquiriram os seres angélicos a Maria de Madalena. — Ele não está aqui.
Jesus encontra-se, sem dúvida, a céu aberto, pelo mundo, renovando a psicosfera terrena e albergando os sofredores no Seu coração.
Segue-O tu.
Faze o mesmo que Ele prossegue fazendo, sem reclamar, nem desanimar nunca.

Joanna de Ângelis / Divaldo Pereira Franco

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...