sábado, 13 de agosto de 2016

Afeições - Emmanuel

Não será licito esquecer nossa própria necessidade de afeto, mas ponderemos:
Os entes amados apoiar-nos-ão no desempenho de nossos deveres, porém não conseguirão cumpri-los por nós.
O professor prepara o aluno, entretanto não lhe viverá, de futuro, os percalços da profissão.
Os próprios pais, por mais se dediquem à felicidade dos filhos, não logram arredá-los das experiências a que se destinam.
Amemos nossos familiares e amigos, sem exigir, todavia, venham um dia a fazer o trabalho que nos cabe realizar.
Eles podem ser criaturas admiráveis, mas não nos conhecem as lutas mais íntimas, tanto quanto ignoramos as deles.
Ajudam na parte visível das dificuldades; mas não são capazes de solucionar por nós os problemas que trazemos na intimidade do coração.
Aí, estamos entregues à nossa própria consciência e ao Juízo de Deus.

Emmanuel / Médium Francisco Cândido Xavier
Livro: Rumo Certo (extrato) - Ed. FEB

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...