quinta-feira, 1 de setembro de 2016

O Diploma - Sheilla

O diploma marca uma etapa da tua vida de homem, que deseja crescer em sabedoria, em Amor. É o começo da tua vida profissional. Procura compreender o esforço que te levou a ele, para a conquista de outros marcos importantes para as tuas realizações. Usa-o, mas não abuses do que caiu em tuas mãos, pela bondade d’Aquele que te ama, mais do que pensas.
A universidade é uma escola maior, que te arma nas lutas que a vida deve travar contigo. A guerra começa no teu íntimo. Variados tipos de problemas aparecem nos teus caminhos, convidando-te para as soluções. O raciocínio trabalha, mas é bom que não te faltem bênçãos da intuição, que não esqueças o que, por vezes, teus pais te ensinaram: a oração nas horas difíceis, e constantemente.
Quase sempre os diplomas se revestem de orgulho e de egoísmo, de vaidade e de prepotência, por desconhecerem os caminhos traçados pelo Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo. Porém, esperamos que todas as criaturas, em um futuro breve, se conscientizem da Verdade, de maneira que, quanto mais aprenderem nas universidades, mais amarão a Deus e ao próximo. Mais compreenderão as leis naturais a que todos devemos obedecer.
A humildade cabe mais, no saber. A fraternidade verdadeira não esquece os conhecimentos, que se dividem por toda a Terra. Uma pessoa de letras não deve ser grosseira, nem maltrapilha; deve desconhecer o ódio, e não ter, como parceira, a discórdia.
Quando olhares para o teu diploma, tem-no como uma lembrança do auto-aperfeiçoamento moral e espiritual. Como incentivo para a tua paz, para o trabalho e para a honestidade. Não queiras humilhar os outros, por um simples papel pendurado na parede. O que sabes, encontra-se em todos, de um modo que desconheces. Os dons são inúmeros, doados pelo Saber Divino, e, cada passo que dermos para a frente, salienta-se em nós o poder de Deus, Pai e Criador de todas as coisas. Quanto mais souberes, ainda deves mostrar que não sabes o conveniente. A humildade abre portas outras, para que o aprendizado verdadeiro entre em nós e nos domine pelo Amor.
Lembra-te de quantas pessoas trabalharam, renunciaram e se esforçaram, para que recebesses as letras de que te apossaste? São muitas. E muitas delas, desconheces. Agradece a Deus por isso, e à humanidade inteira.
As trocas de experiências são permanentes, e ainda tens muita ajuda do Mundo Espiritual, em silêncio, sem ostentação, dando com uma mão, para que a outra não veja.
Por que o orgulho e a vaidade? Ninguém aprende nada sozinho. E, ainda mais: tudo vem de Deus, pelas mãos do Cristo. O Saber é uma lâmpada, mas o Amor é a luz. Um precisa do outro, para a verdadeira iluminação.

De “Chão de Rosas”
Sheilla & João Nunes Maia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...