terça-feira, 6 de dezembro de 2016

Bem Viver Para Viver Bem - Marco Prisco

“...Vivamos no presente mundo sóbria, reta e piamente.” (Paulo – Tito – 2:12)

A pretexto de libertar-se do problema não fuja à sua correta solução.
O que agora você faça mal, volverá depois mais complicado.
Dissimulando a irritação que a presença de certas pessoas cansativas lhe produz, não cultive a intolerância.
Os que lhe causam desagrado constituem salutar exercício à sua paciência, preparando-o para tentames mais difíceis.
Defrontando situações graves, não estime a evasiva nem encete a fuga hábil.
Você não deve buscar levianamente o perigo, todavia não se pode eximir ao dever de resolver as dificuldades que surjam.
Inquieto, em razão dos circunlóquios e complexidades com que um amigo lhe apresenta uma questão, sem ferir diretamente o assunto, não se permita a animosidade ou o azedume.
Talvez o outro não possua a facilidade de expressão, como você a possui.
Consultado como equacionar uma dificuldade, não compare o consulente com você.
Recorra ao Evangelho e sugira o ensino que encontre na palavra do Mestre.
Não diga:
Se fora eu...
Se isto acontecesse comigo...
Sempre ajo assim...
Sou homem decidido...
Comigo as coisas são às claras...
Agora ou nunca...
Prefiro a morte a uma situação dessas...
Cada caso impõe suas regras próprias.
O que você diga, nem sempre se verificará nesses termos.
Use a prudência nas palavras, o equilíbrio nas atitudes e o discernimento junto ao seu próximo.
A vida é, em si mesma, o grande desafio para todos nós.
Viver por viver não basta.
Bem viver, vinculado ao amor e a todos amando, eis como alcançar a posição ideal, enquanto na Terra, para realmente viver bem.


Livro: “Momentos de Decisão”, de Divaldo Pereira Franco, pelo Espírito Marco Prisco

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...